DestaqueMatérias Completas

Retomada da economia deve aumentar contratação de temporários

O final de ano será mais próspero para a indústria e o comércio no Brasil. Um levantamento recente feito pela Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem) prevê crescimento de 21,82% nas contratações no próximo mês se comparado ao mesmo período do ano passado.
A alta projeção é influenciada, principalmente, pela retomada da economia. A expectativa da Asserttem é a de que mais de 160 mil novos postos de empregos temporários sejam ofertados até dezembro no País, ante as 131 contratações originadas no mesmo período de 2018.

O Natal é a data mais importante para a indústria, que já iniciou as admissões temporárias em setembro, e o comércio cujo pico de contratações começa em novembro. Neste caso, a maioria das vagas disponíveis são para o cargo de vendedor, que exige do candidato o ensino médio completo, ou em curso.
A presidente da Asserttem, Michelle Karine, aconselha aos interessados em concorrer a uma vaga temporária a procurarem por agências de trabalho, autorizadas pela Secretaria do Trabalho. “Elas são as responsáveis por intermediar, organizar e acompanhar a contração junto às empresas e trabalhadores. No site da Asserttem é possível encontrar as agências associadas mais próximas”, orienta.

Michelle Karine explica que durante a entrevista, o candidato à vaga deve se apresentar corretamente, com dados relevantes e que demonstrem o porquê ele é a pessoa indicada para a oportunidade. “É importante ser sincero no currículo e na entrevista, principalmente ao informar seus conhecimentos e competências. Mostrar que possui experiência, além dos resultados e diferenciais em trabalhos anteriores também pode ajudar na conquista da vaga”, destaca.

Apesar de não ser regida pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a modalidade de contratação temporária prevê direito a FGTS, 13º salário, férias proporcionais ao período trabalhado, recebimento de horas extras e adicional noturno. Isso tudo sem contar as chances de ser efetivado. “A expectativa é que o índice de efetivação de temporários volte a crescer agora. Até mesmo para repor parte do quadro de empregados fixos que foi reduzido ao longo dos últimos anos”, presume a presidente da Asserttem acrescentando algumas qualidades indispensáveis a quem deseja ser efetivado. “Os principais atributos que levam o empregador a efetivar o trabalhador temporário são: comprometimento, responsabilidade, pró-atividade, além de manter um bom relacionamento no ambiente de trabalho”, enumera.

Site da Asserttem:
www.asserttem.org.br

Foto: divugação

Comment here