Notícias

Primeiro dia de vacinação contra a gripe tem atrasos devido a restrição nos transportes

A restrição nos transportes públicos gerou atrasos na chegada de profissionais aos postos de saúde da cidade para o primeiro dia de vacinação contra a gripe, destinada a maiores de 60 anos, incluindo as pessoas em situação de rua e profissionais de saúde.

O sistema de imunização na capital funcionou por atendimento drive thru, possibilitando o idoso a ser vacinado sem sair do carro. O esquema contou com 52 vacinadores distribuídos em cinco postos do Detran-RJ não sendo permitido o acesso de pedestres a esses postos, instalados em Campo Grande, Barra da Tijuca, Ilha do Governador, Tijuca e Catete. Agentes da Guarda Municipal, da CET Rio e da Comlurb deram apoio nos serviços, que funcionarão diariamente até 4 de abril, das 10h às 16h, inclusive no próximo final de semana, dias 28 e 29 de março.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a vacina também está disponível nas 233 unidades de Atenção Primária, como as clínicas da família e os centros municipais de saúde, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. A primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza vai até 15 de abril. Os idosos com mais de 80 anos serão vacinados em casa, com base no cadastro dos serviços de atenção primária e clínicas de família. Nesse caso também estão as pessoas com dificuldade de locomoção.

Na segunda fase da campanha, que começa no dia 16 de abril, a vacina estará disponível para professores das escolas públicas e privadas; profissionais das forças de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas.

 

Fonte: Agência Brasil.

Foto: Divulgação / Prefeitura do Rio

Comment here