Destaque

Planeje bem as suas metas para 2020

Montar uma lista repleta de metas para o novo ano já é um costume. Porém, estabelecer propósitos possíveis de serem alcançados nem sempre é levado em consideração. Com isso, muitas pessoas acabam esquecendo dos seus planos logo nos primeiros meses. O JNB conversou com a psicóloga Ril Gurgel (CRP 05/34223) que auxiliam no planejamento para que sejam alcançados resultados mais palpáveis em todas as áreas da vida.

JNB – Quais aspectos devem ser levados em consideração na hora de estabelecer as metas para o novo ano?

R.G. – É incrível como evitamos pensar de modo claro e objetivo sobre assuntos cotidianos. Encontro pessoas insatisfeitas consigo mesmas e ansiosas por mudar algumas de suas posturas diante de diversas situações. Elas desejam a mudança, tomam até decisões pertinentes e traçam muito bem suas metas, mas na hora de perseverar e ter disciplina para prosseguir, se perdem, se frustram e desanimam.
Planejar metas nos faz olhar para a frente, o que é bom, pois produz em nós força necessária para nos tirar de onde estamos. Mas o caminho para o êxito é estabelecê-las com disciplina e determinação.

JNB – Quais são os erros mais comuns que as pessoas cometem que as impedem de conseguir cumprir metas?

R.G. – Toda mudança é desafiadora e tem início em uma rigorosa autocrítica e uma avaliação sincera de como somos. Em outras palavras, precisamos saber muito bem aonde queremos chegar, o que efetivamente desejamos vir a ser. E essa não é uma tarefa tão simples, pois a pressão do meio social costuma nos impor projetos de vida que nem sempre estão em concordância com nossa consciência maior. O obstáculo inicial é tentar distinguir aquilo que de fato desejamos para nós do que nos é imposto pela cultura, pelas pessoas com as quais convivemos, pelo ambiente familiar e profissional. Outra questão importante é conhecer bem nossas emoções, pois diante de um dia difícil temos a tendência de agirmos por impulso, na verdade nos sabotamos e depois nos enchemos de culpa. Apenas comece! Fuja da procrastinação (adiamento).

JNB – O que fazer para conseguir cumprir essas metas?

R.G. – Um planejamento bem feito é a base do sucesso. É importante ter em mente o que de fato você quer realizar e depois passar tudo isso para um papel. Um método simples e que vale a pena é o infográfico. Basta criar um ponto de partida. Pegue um papel e desenhe um círculo no centro e nomeie de “metas para 2020”. A partir dali puxe setas para as categorias importantes de sua vida, como: financeira, saúde física, espiritual, reforma da casa, viagem e estudos. Assim seus resultados poderão afetar sua vida em um todo. Faça um plano anotando a data de início, estabelecimento de metas de curto prazo e metas de médio prazo.
É fundamental ter clareza do que queremos alcançar ao longo da vida. Ter uma meta difícil demais pode nos desmotivar, assim como uma meta muito fácil. Não esqueça que você vai falhar 100% das vezes em que não tentar, vai perder 100% das vezes em que não procurar, vai estacionar 100% das vezes em que não ousar caminhar.

JNB – Por que o início do ano “mexe” tanto com o consciente das pessoas?

R.G. – Quando chega o final do ano, nossa mente busca se alinhar a essa contagem externa e fica inquieta para concluir ciclos. Assim iniciamos o ano, nos enchemos de esperança, fé e paixão pela vida, isso nos dá o combustível emocional para traçarmos uma vida melhor. É quando paramos para refletir sobre tudo o que aconteceu e planejamos como poderemos fazer para que o ano que se inicia seja o melhor de todos. Decida a fazer deste novo ano um recomeço de tudo que é bom.

Comment here