Destaque

Pechincha recebe reunião do Conselho de Segurança

O 18º BPM, no Pechincha, foi sede do encontro mensal do Conselho Comunitário de Segurança da 18ª AISP (Jacarepaguá). Na ocasião, o subcomandante Oliveira abordou as atividades do batalhão no mês de fevereiro, destacando a redução dos índices de criminalidade no bairro. Ele destacou ainda a importância dos programas Rio + Seguro e Segurança Presente, além da boa integração com a Polícia Civil contribuindo para a obtenção dos resultados positivos. Oliveira solicitou que a plenária continue a utilizar o WhatsApp do 18º BPM: (21) 97255-9613 como meio mais rápido para informar os delitos.
Já o representante da 41ª DP abordou o uso da inteligência investigativa e financeira para antecipar possíveis delitos, informou que no mês passado a polícia apreendeu duas toneladas de maconha em um caminhão que estava indo para a Cidade de Deus. Quantidade nunca registrada, até então na história da região. Ele também destacou a redução na quantidade de homicídios, em relação ao mês de fevereiro do ano passado.
O inspetor Marcelo, da 28ª DP ressaltou a prisão de um chefe da milícia e o aumento do roubo a pedestres por motoqueiros. O comandante Oliveira comentou que a ALERJ aprovou uma lei que retira da Polícia Militar a tarefa de montar  blitz para verificação da documentação da moto e do seu condutor.
Gabriel, do programa Rio + Seguro, expôs os resultados do projeto na Freguesia e na Taquara e anunciou que, ainda em março, o programa será implantado no Pechincha e, em abril, no Tanque e na Praça Seca. O assessor da superintendência de Jacarepaguá, Rafael Martinez, descreveu os grandes estragos da chuva, principalmente na Taquara. A próxima reunião do CCS da região será na quinta-feira, dia 26 de março, às 9 horas, na Igreja N. S. Fátima, localizada na Rua Bacairis, 390 – Taquara.

Comment here