Notícias

Proximidade das eleições e flexibilização de atividades: coincidência?

Eleições acabam com a pandemia: prefeito Marcelo Crivella anuncia novas medidas de flexibilização das atividades

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta quinta-feira, dia 1º de outubro, que o Rio de Janeiro entrou na fase 6B. Nesta fase – já no final do planejamento feito pelo município – Continua proibida a abertura de pistas de dança, boates, rodas de samba e escolas de samba. No entanto, já é permitido música ao vivo em bares e restaurantes.

Eventos de entretenimento e lazer também estão liberados, além de casamentos, aniversários e formaturas com música ao vivo, desde que com um terço da capacidade do local. Estão liberadas ainda as casas de shows, teatros e cinemas. As lonas culturais, circos e feiras culturais vão poder abrir, mas tomando cuidados. Será necessário manter um distanciamento de quatro metros quadrados por pessoa. Eventos culturais deverão ocorrer com reservas de lugares. É permitida a venda de bebidas e comidas industrializadas. Mas permanece proibido o preparo de alimentos nesses locais.

A Prefeitura informou que a fase atual, a 6B, vai durar 15 dias. No final deste período, o planejamento será analisado pelo Comitê Científico do município de acordo com o desenvolvimento dos casos de Covid-19 na cidade. Há um mês, na fase 6ª, no 1º de setembro, as galerias de arte, museus, parques de diversão, bibliotecas e centros culturais passaram a ser autorizados a reabrir.

Saiba como foram as fases anteriores

Fase 1
• Atividades esportivas em centros de treinamento;
• Atividades esportivas nos calçadões;
• Atividade aquática individual no mar ( como natação ou surfe);
• Celebrações em igrejas (com protocolo de desinfecção);
• Lojas de móveis e decorações;
• Concessionárias de automóveis.
• Na primeira fase, não foram permitidas atividades na faixa de areia, como o aluguel de barracas de praia ou as escolinhas de esportes. Saunas e piscinas continuam vedadas.

Fase 2
• Shoppings entre 12h e 20h, com restrições de movimentação;
• Competições esportivas com portões fechados.

Fase 3
• Todos os comércios, com restrição de circulação;
• Bares e restaurantes abertos, com 50% da capacidade;
• Academias abertas com agendamento e distanciamento;
• Luta e dança, sem contato físico;
• Atividades de crossfit;
• Creches, desde que pais estejam trabalhando;
• Salões de beleza, tatuagem e estética, com restrições;
• Praias e parques abertos, sem aluguel de cadeira e barraca;
• Áreas de lazer;
• Atividades culturais em espaço aberto, sem aglomeração;
• Competições esportivas com com portões fechados.

Fase 4
• Pontos turísticos com um terço da capacidade;
• Atividade em espaço cultural fechado, com restrição de capacidade.

Fase 5
• Diminuição de restrições de capacidade em quase todos setores (bares, restaurantes, estádios, cinemas, etc);
• Liberação de banhista nas praias, mas apenas na água;
• Parques abertos, sem aglomeração.

Fase 6
• Galerias de arte e museus;
• Parques de diversão;
• Bibliotecas e Centros culturais
• Cinemas e teatros

Comment here