ColunistasDestaque

A poupança é um bom investimento?

A poupança é o investimento mais popular entre os brasileiros, uma vez que é de fácil aplicação e resgate. Mas será que é o melhor tipo de investimento que há no mercado? Especialistas no assunto afirmam que não. Inclusive outros chegam a dizer que ela nem investimento é.

Atualmente, o juro da poupança é determinado da seguinte forma: se a Selic for superior a 8,5% ao ano, então o juro da poupança será um percentual fixo de 6% ao ano mais TR Referencial. Contudo, se a taxa Selic for menor ou igual a 8,5% ao ano, então o juro será equivalente a 70% da Selic mais a taxa da TR. Neste último caso, a juro da caderneta poderá ficar abaixo da taxa de inflação.

A última taxa Selic, divulgada em 30/10/19, ficou em 5% ao ano. No exemplo que apresento a seguir, um capital investido de R$ 1.000,00 em 22/10/2019 renderia R$ 3,15 em 22/11/2019, acumulando um saldo de R$ 1.003,15. Aqui o juro foi equivalente 0,3153% em 30 dias de aplicação.

Existem outras opções de investimento em renda fixa que oferecem melhores rendimentos que a poupança:

Tesouro Direto: São investimentos realizados em papéis da dívida pública, ou seja, você empresta dinheiro para o Governo Federal. Este tipo de investimento é uma renda fixa, pois os juros (que é a renda do investidor) são prometidos e pagos pelo Governo em uma data combinada. Seu risco é baixo, visto que é o próprio Governo que garante o pagamento.

CDB: O Certificado de Depósito Bancário é uma modalidade de investimento em que você empresta dinheiro ao banco, que lhe pagará um rendimento pelo seu uso. É de baixo risco, uma vez que, em caso de falência do banco, o investimento está assegurado pelo Fundo Garantidor de Créditos. Em caso de quebra do banco, o investidor é ressarcido por este fundo. A rentabilidade do CDB é melhor do que a da poupança.

LCI: As Letras de Crédito Imobiliário são uma opção de investimento no mercado imobiliário. O dinheiro captado pelas financeiras e bancos são aplicados na construção de empreendimentos imobiliários. Esta aplicação é garantida pelo FGC e isenta de imposto de renda.

LCA: A Letra de Crédito do Agronegócio é uma modalidade de investimento que financia o setor do agronegócio. Também é garantida pelo FGC e isenta de imposto de renda.

LC: As Letras de Câmbio também são investimentos de renda fixa e visam financiar as operações das financeiras.
São muitas as opções de investimento. O mais importante é que você identifique qual é o mais adequado ao seu perfil levando em consideração o risco, o prazo de resgate e a promessa de remuneração.

Comment here